Plágio é crime, conforme Lei 9.610/98. Se quiser reutilizar algum dos textos deste blog, por gentileza, dê os devidos créditos.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Nostalgia #1


Esse tarot foi a primeira coisa que comprei com o dinheiro acumulado da minha mesada. Devia ter 12 ou 13 anos... ele ainda tem o cheiro da essência e das tralhas de rituais para magia. Que saudades! 

Como diria nossa queria Dorothy: "não há lugar melhor do que o nosso lar". Portanto, voltemos de novo para morar dentro da nossa alma. ^^

6 comentários:

  1. E por que hoje você só trabalha com o Lenormand, Dannilo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!!

      Então, quando eu descobri minha afinidade com o tarot, eu acabei comprando o de marselha porque era o que tinha na loja, mas achei muito difícil... não conseguia entender e nem ver nada.

      Anos depois descobri o lenormand e senti uma afinidade imensa com ele, tanto que o estudo até hoje. Ele, pra mim, é infinitamente mais simples do que o tarot tradicional. Nunca me dei muito bem com ele, e olha que eu tentei várias vezes...rs (tenho dois aqui parados) mas as coisas estão mudando, acabei comprando um aqui hoje que tem imagens bastante expressivas, vamos ver se desse jeito eu consigo, né?

      De toda forma, sou doido por cartas! Queria saber ler todos os tipos! rs

      Obrigado pelo comentário! :)

      Excluir
  2. Você provavelmente pegou um Tarô de Marselha e eles realmente são mais complexos. Eu inicie meu estudos pelo Rider Waite, bem mais tranquilo. E o lenormand e o tarô são lindos, mas sinto que eles trabalham de formas diferentes, pelo menos comigo rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu imagino que falem de formas diferentes sim. Sinto que o tarot é mais direto, não tem tantos significados diferentes dentro de uma mesma carta, diferente do baralho cigano. Estou certo? Se puder contribuir com esse conhecimento agradeceria! :)

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Engraçado como o tarô trabalha com cada um rs. Eu diria que o significado das cartas não se adaptam ao contexto da pergunta, logo eu boto a cuca pra queimar pra compreender a mensagem do tarô em alguns momentos. Já o BC me permite divagar , e às vezes minha intuição é certeira , e eu sinto que ele já vem "adaptado" muitas vezes ao questionamento.

    ResponderExcluir