Plágio é crime, conforme Lei 9.610/98. Se quiser reutilizar algum dos textos deste blog, por gentileza, dê os devidos créditos.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Um dos lados negativos da carta 18 - O Cão

Ontem, em uma tiragem para mim, saiu a carta do "18 - O Cão". 

Hoje acordei um pouco incomodado com ela, pois minhas interpretações variam entre melhor amigo, companheirismo e até mesmo como a fidelidade de você para você mesmo, seus valores, ideais e tudo mais.

Então eu a olhei de novo com mais cuidado, procurando uma resposta que me satisfizesse melhor. Foi aí que eu entendi tudo...

A imagem veio daqui.
O cão é um animal dócil e muito fofo. Ele realmente é a nossa sombra e sempre está por perto para nos dar o amor que precisamos, porém, em seu estado negativo, o cachorro perde a autenticidade, sendo facilmente manipulado pelo seu dono. 

É aquela história do ser bonzinho demais e acabar virando fantoche, seja de alguém, seja da vida. 

O cão pede autonomia (o que explica a carta do chicote acima dele no jogo de ontem). Ele pede que você pare de seguir ordens, mesmo as regras sociais que vão contra o que você acredita, pois, segundo ele, está na hora da atitude tomar o lugar da passividade. 

Finalmente, ele alerta para que você pare de correr atrás do rabo ou de ficar pegando os biscoitos que os outros jogam, sugerindo que você vire o jogo e faça suas próprias regras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário